Medicamentos Referências com princípio ativo de Aspirina

Mostrando 3 medicamentos Referências com o mesmo princípio ativo encontrado em Aspirina
Atenção! Decisões sobre o tratamento de pacientes devem ser tomadas por profissionais autorizados, considerando as características de cada paciente, evite auto-medicação, leia a bula.

Medicamentos referência com o mesmo princípio ativo de Aspirina

Comparar Preços de Aspirina Prevent

Aspirina Prevent é um medicamento com princípio ativo acido acetilsalicilico + acido ascorbico

a partir de R$ 17,89

Comparar Preços de Aspirina c

Aspirina c é um medicamento com princípio ativo acido acetilsalicilico + acido ascorbico

a partir de R$ 5,59

Comparar Preços de Melhoral Vitamina C

Melhoral Vitamina C é um medicamento com princípio ativo acido acetilsalicilico + acido ascorbico

Informações sobre Aspirina

Aspirina é um medicamento seu princípio ativo é acido acetilsalicilico + acido ascorbico , é fabricado por Bayer , indicado para o tratamento de Analgésico E Antitérmico e não é necessário apresentar receita no momento da compra.

Princípio ativo Acido Acetilsalicilico

O ácido acetilsalicílico é um princípio ativo utilizado principalmente como analgésico, anti-inflamatório e antipirético. Ele é mais conhecido comercialmente como aspirina, que é uma marca registrada para esse medicamento.

O ácido acetilsalicílico pertence a uma classe de medicamentos chamados de salicilatos e é derivado do ácido salicílico. Ele atua inibindo a produção de prostaglandinas, que são substâncias envolvidas nos processos de dor, inflamação e febre, aliviando esses sintomas.

Além de suas propriedades analgésicas, anti-inflamatórias e antipiréticas, o ácido acetilsalicílico também possui propriedades antiplaquetárias, o que significa que ele impede a formação de coágulos sanguíneos. Por esse motivo, é utilizado na prevenção de doenças cardiovasculares, como infarto agudo do miocárdio e acidente vascular cerebral.

Quando administrado por via oral, o ácido acetilsalicílico é rapidamente absorvido pelo trato gastrointestinal e metabolizado no fígado. Ele é eliminado principalmente pelos rins.

É importante ressaltar que o ácido acetilsalicílico pode apresentar efeitos colaterais, especialmente quando utilizado em doses elevadas ou por longos períodos. Esses efeitos colaterais podem incluir irritação gástrica com risco de úlceras e sangramento gastrointestinal, reações alérgicas, problemas no fígado e nos rins, entre outros.

Portanto, é fundamental seguir as indicações médicas e respeitar as doses recomendadas para garantir o uso seguro e eficaz do ácido acetilsalicílico.

Princípio ativo Acido Ascorbico

O Ácido Ascórbico, também conhecido como vitamina C, é uma substância essencial para o corpo humano. Abaixo estão algumas informações importantes sobre o Ácido Ascórbico:

Função Principal:
- O Ácido Ascórbico (Vitamina C) é uma vitamina solúvel em água que atua como um antioxidante no organismo. Ele desempenha um papel crucial na manutenção da saúde da pele, tecidos conjuntivos, ossos e dentes, bem como na absorção de ferro a partir de fontes vegetais.

Fontes Alimentares:
- O Ácido Ascórbico é encontrado em uma variedade de alimentos, especialmente em frutas cítricas (como laranjas, limões, toranjas), morangos, kiwis, tomates, pimentões e vegetais verdes folhosos. É importante incluir alimentos ricos em vitamina C em sua dieta para atender às necessidades diárias.

Benefícios para a Saúde:
- O Ácido Ascórbico é importante para o sistema imunológico, pois ajuda o corpo a combater infecções.
- Ele desempenha um papel na produção de colágeno, uma proteína necessária para a saúde da pele, tendões, ligamentos e vasos sanguíneos.
- O Ácido Ascórbico é um antioxidante que ajuda a proteger as células do corpo dos danos causados pelos radicais livres.
- A vitamina C pode melhorar a absorção de ferro de fontes vegetais, como grãos, nozes e sementes.
- É importante para a saúde dos dentes e gengivas.

Deficiência de Vitamina C:
- A deficiência de vitamina C pode levar ao escorbuto, uma doença caracterizada por sintomas como sangramento nas gengivas, fraqueza, fadiga, erupções cutâneas e dor nas articulações.

Suplementação:
- Em alguns casos, um médico pode recomendar suplementos de vitamina C, especialmente para pessoas que têm dificuldade em obter vitamina C suficiente através da dieta. No entanto, em geral, é preferível obter a vitamina C a partir de fontes alimentares naturais.

É importante notar que a ingestão excessiva de vitamina C, seja por meio de suplementos ou alimentos, pode levar a efeitos colaterais, como distúrbios gastrointestinais. Portanto, é aconselhável seguir as recomendações de dosagem diária adequada e, em caso de dúvida, consultar um profissional de saúde.