Drogaria Farma Delivery
Atenolab 100Mg c/ 30 Comprimidos
stars oferta em destaque a partir de R$ 9,20
    11 auto

    Lista de Preços de Atenolab

    9.209.20BRL1

    Compare a partir de R$ 9,20 até R$ 9,20 em 1 farmácia online

    Encontre 1 preço, similares, bulas, apresentações e tire dúvidas
    Filtrar resultados
    Atenolab 100Mg c/ 30 Comprimidos preço

    Compare 1 preço de Atenolab 100Mg c/ 30 Comprimidos na melhor farmácia e pague menos

    Atenolab 100Mg c/ 30 Comprimidos

    R$ 18,51
    R$ 9,20

    • Drogaria Farma Delivery
    50%

    Atenolab 100Mg c/ 30 Comprimidos comercializado por Drogaria Farma Delivery

    Envio para todo Brasil. Consulte condições para frete grátis e parcelamento sem juros no site.

    Ir na farmácia online
    FarmaDelivery Atenolab 100Mg c/ 30 Comprimidos - a partir de R$ 9,20


    Código de Barras: 7896472513321

    Para que Atenolab e indicado?

    Atenolab é um medicamento Similar Equivalente, seu princípio ativo é atenolol , é fabricado por Multilab , sua indicação de uso é Tratamento Cardiovascular e é necessário apresentar receita no momento da compra.

    Medicamentos genéricos com o mesmo princípio ativo de Atenolab

    Atenolol Germed

    Atenolol Germed é um medicamento Genérico seu princípio ativo é atenolol

    a partir de R$ 0,99

    Atenolol - Germed

    Atenolol - Germed é um medicamento Genérico seu princípio ativo é atenolol

    Atenolol Cimed

    Atenolol Cimed é um medicamento Genérico seu princípio ativo é atenolol

    a partir de R$ 1,40

    Atenolol - Sandoz

    Atenolol - Sandoz é um medicamento Genérico seu princípio ativo é atenolol

    a partir de R$ 1,40

    Medicamentos referência com o mesmo princípio ativo de Atenolab

    Atenol

    Atenol é um medicamento Referência seu princípio ativo é atenolol

    Medicamentos similares com o mesmo princípio ativo de Atenolab

    Atenobal

    Atenobal é um medicamento Similar seu princípio ativo é atenolol

    Atensiol Laboratório Globo

    Atensiol Laboratório Globo é um medicamento Similar seu princípio ativo é atenolol

    Atenolol+Clortalidona

    Atenolol+Clortalidona é um medicamento Similar seu princípio ativo é atenolol

    a partir de R$ 5,79

    Telol

    Telol é um medicamento Similar seu princípio ativo é atenolol

    Medicamentos similar equivalente com o mesmo princípio ativo de Atenolab

    Ablok

    Ablok é um medicamento Similar Equivalente seu princípio ativo é atenolol

    a partir de R$ 2,34

    Atenopress

    Atenopress é um medicamento Similar Equivalente seu princípio ativo é atenolol

    Ateneum

    Ateneum é um medicamento Similar Equivalente seu princípio ativo é atenolol

    Angipress

    Angipress é um medicamento Similar Equivalente seu princípio ativo é atenolol

    a partir de R$ 12,33

    INDICAÇÕES

    Atenolab®

    é indicado para:

    Controle da hipertensão arterial; controle da angina pectoris; controle de arritmias cardíacas;

    tratamento do infarto do miocárdio; intervenção precoce e tardia após infarto do miocárdio.

    CONTRAINDICAÇÕES

    Atenolab®

    , assim como outros betabloqueadores, não deve ser usado nas seguintes situações:

    - conhecida hipersensibilidade ao atenolol ou aos outros componentes da fórmula;

    - bradicardia;

    - choque cardiogênico;

    - hipotensão;

    - acidose metabólica;

    - distúrbios graves da circulação arterial periférica;

    - bloqueio cardíaco de segundo ou terceiro grau;

    - síndrome do nodo sinusal;

    - feocromocitoma não tratado;

    - insuficiência cardíaca descompensada.

    POSOLOGIA E MODO DE USAR

    Modo de usar

    Atenolab®

    deve ser administrado por via oral, com água, de preferência no mesmo horário todos os

    dias.

    O paciente não deve utilizar Atenolab®

    se estiver em jejum por tempo prolongado.

    Os comprimidos de Atenolab®

    25 mg e 50 mg não devem ser partidos, devem ser administrados

    inteiros. O comprimido de Atenolab®

    100 mg pode ser dividido.

    Posologia:

    Hipertensão: a maioria dos pacientes responde a uma dose única oral diária de 50 a 100 mg. O efeito

    pleno será alcançado após 1 ou 2 semanas. Pode-se conseguir uma redução adicional na pressão

    arterial combinando-se Atenolab®

    com outros agentes anti-hipertensivos.

    Angina: a maioria dos pacientes com angina pectoris responde a uma dose única oral diária de 100

    mg ou 50 mg administrados duas vezes ao dia. É improvável que se obtenha benefício adicional com

    o aumento da dose.

    Arritmias Cardíacas: com a arritmia controlada, a dose de manutenção adequada é de 50 a 100 mg

    uma vez ao dia.

    Infarto do Miocárdio: para pacientes que se apresentarem alguns dias após sofrerem um infarto

    agudo do miocárdio, recomenda-se uma dose oral de 100 mg diários de Atenolab®

    para profilaxia a

    longo prazo do infarto do miocárdio.

    Idosos: os requisitos de dose podem ser reduzidos, especialmente em pacientes com função renal

    comprometida.

    Crianças: não há experiência pediátrica com Atenolab®

    e, por esta razão, não é recomendado para

    uso em crianças.

    Insuficiência Renal: uma vez que Atenolab®

    é excretado por via renal, a dose deve ser reduzida nos

    casos de comprometimento grave da função renal. Não ocorre acúmulo significativo de Atenolab®

    em pacientes que tenham clearance de creatinina superior a 35 mL/min/1,73m2

    (a faixa normal é de

    100-150 mL/min/1,73m2

    ). Para pacientes com clearance de creatinina de 15-35 mL/min/1,73m2

    (equivalente a creatinina sérica de 300-600 μmol/L), a dose oral deve ser de 50 mg diários. Para

    pacientes com clearance de creatinina menor que 15 mL/min/1,73m2

    (equivalente a creatinina sérica

    > 600 μmol/L), a dose oral deve ser de 25 mg diários ou de 50 mg em dias alternados.

    Os pacientes que se submetem à hemodiálise devem receber 50 mg após cada diálise. A

    administração deve ser feita sob supervisão hospitalar, uma vez que podem ocorrer acentuadas

    quedas na pressão arterial.

    Se o paciente esquecer-se de tomar uma dose de Atenolab®

    , deve tomá-la assim que lembrar, mas o

    paciente não deve tomar duas doses ao mesmo tempo.

    REAÇÕES ADVERSAS

    Atenolab®

    é bem tolerado. Em estudos clínicos, as possíveis reações adversas relatadas são

    geralmente atribuíveis às ações farmacológicas do atenolol.

    Os eventos adversos descritos a seguir, listados por sistemas, foram relatados com as seguintes

    definições de frequência: comum (≥1/100 e < 1/10), incomum (≥ 1/1.000 e < 1/100), raro (≥ 1/10.000

    e < 1/1.000) e muito raro (< 1/10.000) incluindo relatos isolados.

    Desordens cardíacas

    Comum: bradicardia.

    Rara: piora da insuficiência cardíaca, desencadeamento de bloqueio cardíaco.

    Desordens vasculares

    Comum: extremidades frias.

    Rara: hipotensão postural que pode ser associada à síncope, claudicação intermitente pode ser

    aumentada se esta já estiver presente, em pacientes susceptíveis ao fenômeno de Raynaud.

    Desordens do sistema nervoso

    Rara: tontura, cefaleia e parestesia.

    Desordens psiquiátricas

    Incomum: distúrbios do sono que podem ser notados com outros tipos de betabloqueadores.

    Rara: alterações do humor, pesadelos, confusão, psicoses e alucinações.

    Desordens gastrointestinais

    Comum: distúrbios gastrointestinais.

    Rara: boca seca.

    Avaliações laboratoriais

    Incomum: elevação dos níveis das transaminases.

    Muito rara: aumentos na ANA (anticorpos antinucleares) foram observados, entretanto a relevância

    clínica não é clara.

    Desordens hepatobiliares

    Rara: toxicidade hepática incluindo colestase intra-hepática.

    Desordens do sangue e sistema linfático

    Rara: púrpura e trombocitopenia.

    Desordens da pele e tecido subcutâneo

    Rara: alopecia, reações psoríaseformes na pele, exacerbação da psoríase e erupções cutâneas.

    Rara: olhos secos e distúrbios visuais.

    Desordens do sistema reprodutivo e mamas

    Rara: impotência.

    Desordens respiratórias, torácicas e do mediastino

    Rara: pode ocorrer broncoespasmo em pacientes com asma brônquica ou com histórico de queixas

    asmáticas.

    Desordens gerais

    Comum: fadiga.

    A descontinuação do medicamento deve ser considerada se, de acordo com critério médico, o bem-

    estar do paciente estiver sendo adversamente afetado por qualquer uma das reações descritas acima.

    Em casos de eventos adversos, notifique ao Sistema de Notificações em Vigilância Sanitária -

    NOTIVISA, disponível em http://www.anvisa.gov.br/hotsite/notivisa/index.htm, ou para a

    Vigilância Sanitária Estadual ou Municipal.

    Farmácias perto de Você

    Você pode comprar Atenolab em farmácias na sua região

    Selecione abaixo sua região para obter os telefones das farmácias e drogarias

    Estado:
    Ver lojas próximas a você
    close